O Barrense


Deixe um comentário

Me encharquei de você

chuva_b

Hoje choveu; e meu peito deixou de ser aquele deserto em que amor nenhum vingava. Eu não estava com meu guarda-chuva para me proteger de amores instantâneos. Havia esquecido em casa a capa de chuva contra expectativas. Sequer calcei as galochas para não me inundar de você. A previsão do tempo que há em meu peito não me avisou de você. Foste feito chuva de verão: Pegou-me desprevenido.

Eu demorei a entender que o amor acontece desta maneira: quando menos esperamos. Por muito tempo eu insisti em arriscar a previsão e agora entendo o motivo de nunca acertar. Se fosse obvio e programado, não seria amor.
Nunca saberemos se aquele beijo poderá levar a algo mais sério. Ou se o rolo de meses finalmente vai dar em namoro. Se preparamos um café ou nossa vida. Se ela vai ou fica de vez. Não sabemos. Não existe exatidão quando tratamos de sentimentos. É feito o tempo, hoje esta chovendo, mas e amanha? Quem sabe?

Eu não sei, mas agora que a chuva me trouxe você eu cruzei os dedos para que minha sorte mudasse; pedi que você ficasse para a estrela cadente que passou; fechei os olhos e orei aos céus para que dessa vez fosse diferente, porque eu sinto que você é diferente. Foi por você que eu tenho esperado e agora que encontrei não quero perder.

Não sei se combinamos meteorologicamente. Eu sou primavera e você? Mas onde está escrito que precisamos combinar? O que tu achas de bagunçarmos de vez as estações previamente estabelecidas? Vamos fazer do nosso inverno um verão. Colorimos o outono cinza com a primavera. Podemos tornar o clima instável e viver uma historia sem precedentes meteorológicos.

Eu não sei como será o dia de amanhã, mas deixarei de lado meu guarda-chuva e irei me ensopar. Afinal, quem esta na chuva é para se molhar.

Anúncios


Deixe um comentário

Seja o motivo do sorriso de alguém

Num dia qualquer desses você a viu sorrir e sentiu saudade de ser pouso daquele sorriso. Por mais que o tempo passe, certas coisas ainda vivem em nós. Vê-la feliz mexeu forte contigo, né?! E não é para menos, quando ela sorri o mundo retribui. É como se o tempo parasse só pra admirar. É coisa rara, são poucas as pessoas que causam na gente esse turbilhão de sentimentos. E não foi da noite para o dia que ela se recuperou e estampou um sorriso no rosto. Demorou, mais do que ela pensou, mais do que ela merecia, mas a ferida que você causou enfim sarou. Deixou cicatriz, pra ficar eternizada, que é pra lembrar o quanto você a magoou e não repetir a dose. Ela aprendeu e hoje reconhece o que é amor.

Até hoje eu não te entendo, juro! Você a tinha nos braços. Você a tinha por inteiro. Ela abriu as portas do coração, arrumou um cantinho e você traiu a confiança dela. Pôs tudo a perder por não reconhecer o amor da tua vida. Cara, você era o motivo do sorriso dela, tens noção disso? Poucas coisas na vida são mais prazerosas do que isso. Ser único e especial para uma pessoa. 

Se é tarde para voltar? Muito! Ela encontrou alguém para preencher o vazio que você deixou. Desencana! O sorriso que você viu dias atrás já tem endereço. Ela encontrou morada em outros braços, outro coração. Encontrou reciprocidade, o que você jamais foi capaz de dar. Que valoriza tudo que um dia você desdenhou. Ele é pra ela tudo que você não foi. Até ouvi dizer que eles estão planejando o casamento, sabe essa coisa de amar e respeitar? Pois é… Eles perceberam que não importa com quem você fica sexta à noite, e sim o domingo inteiro.

Bateu saudade? Apanhe! E não interfira na felicidade deles. Vá em busca da sua. Vê se aprende logo para não errar com a próxima. Porque amor não se encontra em qualquer esquina. É tão difícil quanto achar um trevo de quatro folhas. É coisa do destino que envolve sorte e mais um bocado de coisas que fogem do nosso controle. Então quando encontrar, se é que encontrará, não pense duas vezes: se entregue e ame. Seja para essa pessoa tudo que você deseja para si. Seja o motivo do sorriso de alguém.


Deixe um comentário

O amor não tem receita

E se eu te disser que o amor não tem formula pronta? E se eu te disser que a metade da sua laranja não existe? Que ele pode ser uma maçã inteirinha? E se… Ao invés de seguir falando eu te mostrar?

Você não prestou atenção em nada do que eu disse, não é?! Larga de mão esse papel e caneta, o que for “a” pra mim pode ser “b” pra ti. Aproveita e larga esse medo também. Historias não se repetem feito filme reprisado ano após ano na sessão da tarde. Aprende que teu passado deve ficar exatamente onde ele está: no passado. Uma ultima coisinha: levanta do sofá e tira esse pijama; a única pessoa que virá na tua casa será o vendedor de enciclopédia.

Você gosta de terra firme? Sugiro pegar um punhado e colocar no bolso, pois o amor é um precipício: quando você acha que esta voando, talvez já esteja caindo.

Quer saber o segredo? Não importa quantas vezes você cair, tenha certeza que cairá, o que realmente importa é tua capacidade de levantar. De sacudir a poeira e pular novamente, sem ter certeza se esta amarrado a uma bigorna ou num balão.

Por acaso você já provou dum bolo de caneca? Desses que após três minutos no micro-ondas estão prontos? A praticidade é incrível, mas quando estamos tratando de relações, não queira estar numa ao estilo “bolo de caneca”. Basicamente ele acelera o processo natural das coisas, o imediatismo que lhe é característico atropela etapas substanciais do relacionamento. No fim, a instantaneidade do amor numa relação bolo de caneca se torna uma obra resumida, sem profundidade alguma, com sabor artificial e com prazo de validade.

Agora que você esta livre do que te prendia, que sabe o que – não – lhe aguarda, te desejo tudo de bom: um amor de verdade, uma cerveja de tarde, merthiolate que não arde.


2 Comentários

A mulher capricorniana

O coração dela é tão gelado quanto qualquer outro após tantas desilusões. A diferença é que ele não derrete por qualquer elogio com segundas intenções. É preciso mais para conquista-la. O normal não se aplica a ela. Aquelas cantadas manjadas passam longe de balança-la emocionalmente. E não precisou de muitas experiências negativas, ela aprende, e rápido. Aprendeu que sofrer dói e não quer repetir a dose. É simples e lógico.

Um “eu te amo” da boca pra fora tem tanto valor pra ela quanto uma nota de três reais. Engana-lá se tornou tão difícil quanto andar de salto agulha completamente embriagada numa rua de paralelepípedo à noite. A mulher capricorniana é dotada de uma capacidade unica e aguçada de sentir que entrará numa roubada. É quase como um déjà vu. Antevendo que aquele carinha com covinhas lindas ao sorrir irá magoa-la profundamente.

É o sexto sentido dela entrando em ação. Não tem muita explicação, ela apenas sente. Algo que brota no âmago dela. Um alerta que a informa das reais intenções daquele ser barbudo que está tentando passar o papo nela. Que não mede palavras e atitudes para impressiona-la. Por vezes ela se deixa levar para ver no que vai dar. Até onde eles são capazes de chegar, (geralmente eles se perdem). E no fim, após tanta baboseira, aquela coisa dentro dela, aquela sensação estranha, o alerta de perigo, tinha total razão: era outro babaca.

Você precisa saber que ela é pós graduada nessa coisa sem nome de sentir. Todas mulheres o tem, mas na capricorniana esse “trem” é potencializado . Aperfeiçoado. Suspeito que para todo malandro do mundo existe uma mulher (capricorniana) que entende de malandragem. E por entender essa e tantas outras questões relacionadas ao amor, elas são tachadas de frias. Ouvi até falar que carregam um iceberg do lado esquerdo do peito. Nada disso.

É mais descomplicado do que imaginamos. Conquista-lá não é para qualquer um. É preciso ser sincero, ou em trinta minutos de conversa ela já decifra suas intenções. É preciso ter paciência, pois compreende-la requer tempo (mas vale cada segundo). É preciso fazer diferente para não se tornar apenas mais um, outro que passou pela vida dela. E aqui eliminamos muitos e muitos pretendentes. Logo, poucos terão o prazer de conhecê-la por completo. Poucos passarão da pagina dois, deste maravilhoso e complexo livro. E feliz daquele que sabe a delícia que é amar e ser amado por uma mulher capricorniana.


Deixe um comentário

Amar é deixar acontecer

fdddf1-520x245

A vida acontece, independente do nosso esforço para fazê-la com que não aconteça. Poupe energia e deixe rolar. Comigo não foi diferente. Eu não a esperava. Sequer estava preparado. Se não deu tempo de arrumar a casa, imagine meu coração. Meu peito ainda eram feridas abertas, resultado de outras relações. Eu havia prometido a mim mesmo dar um tempo nesse “lance” de amor, mas como dizer não a ela? Não dependia mais de mim. Ela me teve como algo tão natural que logo conquistou minha confiança. E, de alguma maneira que ainda não descobri, roubou meu coração ou essa colcha de retalhos que carregou no peito.

Ela entrou e bagunçou tudo. Não havia bússola que me colocasse no prumo. Havia apenas uma direção a seguir: ela. E me conquistou como eu jamais imaginaria ser conquistado novamente.

Por ela eu cruzei os dedos, fechei os olhos e pedi a estrela cadente para que dessa vez fosse diferente. Confiei nela. Acreditei que com ela seria diferente de tudo que me aconteceu.

E foi diferente. É diferente.

Demorei mas entreguei nas mãos dela o que tenho de mais precioso. Meu coração, aquela colcha de retalhos, lembra?! Pedi para que ela não reparasse nele, pois os desamores do passado o castigaram um pouco. Esse coração que de tanto somar desilusões cansou. Percebeu que amar por dois é doloroso. Até ela surgir e passar uma borracha em tudo que eu já tinha vivido. E aceitando reescrever o futuro ao meu lado e redefinindo o conceito de amar e ser amado.

Não posso te obriga-la a ficar, mas preciso dizer que estes meses que passaram foram os melhores da minha vida. Que já tem até um lugar na minha vida que é todo dela. Ela cativou o melhor em mim. Me ensinou que amar é navegar a dois, variando entre calmaria e tormenta, que faz sacolejar, que causa medo, porque para estar vivo mesmo é imprescindível sentir aquele friozinho na barriga.

Espero que possamos tornar realidade tudo que sonhamos juntos. Mas deixo que a vida nos brinde com o que há de melhor. E se tiver de ser ao lado dela, será.


Deixe um comentário

O nosso futuro…

tumblr_inline_nuetzqtPpP1qi3gl2_540

Eu não sei se um dia juntaremos nossas escovas de dente. Se o roupeiro terá mais roupas tuas do que minhas. Se acordarei ao teu lado pelo resto dos meus dias. Talvez eu não seja a metade da tua laranja. Talvez eu seja outro erro na tua busca por um acerto. O que eu quero dizer é que nosso futuro não está escrito. Não existe roteiro. No livro da vida os autores somos nós.

Nesse livro em branco tenho vontade de dar uma espiadinha no futuro. Avançar alguns anos e ver o que nos tornamos um na vida do outro. Se protagonistas ou meros coadjuvantes. Se nossa historia se tornou drama ou romance. Se dividiremos uma vida ou algumas estações. Descobrir se nos tornaremos motivo dum riso fácil ou choro contido. Quero nos poupar do possível sofrimento que se avizinha. Das cicatrizes que nos lembrarão o que só desejamos esquecer. Quero mas não posso.

A possibilidade de dar errado é apenas uma possibilidade. A frieza dos números nos diz que temos 50% de chance. Porcentagem essa que desconsidera o tanto que sentimos um pelo outro. Que não leva em consideração que nosso amor é o bastante para preencher duas vidas ou mais. Que nos tornamos certeza em meio a tantas duvidas.

Mas antes de iniciarmos nosso capítulo é preciso que tu coloques um ponto final no teu passado. Que entenda que historias não se repetem. Que a nossa não será uma releitura de tudo que te fez sofrer. Embora eu não te prometa um conto de fadas, te asseguro que corremos o risco de viver a historia mais linda de nossas vidas.

Quando pensei que minha vida seria esse marasmo sentimental, você apareceu. Assim, como quem não quer nada e logo tornou meu peito tua casa. Trazendo consigo as coisas mais lindas que já vivi. Me mostrando que tudo pode ser diferente quando existe alguém do lado da gente. Vou apostar todas as fichas que me restam na possibilidade de darmos certo. Algo me diz que só depende de nós.


Deixe um comentário

Uma noite contigo

Dias-de-chuva

Coloque no papel e me diga, o que você tem a perder? Sério que ainda insiste em se auto-sabotar? Posso te garantir que ao dizer não você estará perdendo toda uma historia, que poderia muito bem ser linda. Infelizmente não posso te garantir um “final feliz” digno de cinema. Em contrapartida te ofereço uma vida ao meu lado, essa que começa após o “viveram felizes para sempre”. Nos dias ruins prometo te dar motivos para sorrir e toda forma de amor que houver nessa vida, e nas outras que virão também.

Eu não te conheço o suficiente, mas precisaria apenas de uma noite contigo. Uma noite num hotel de beira de estrada. Em que vamos rir do tapete amarelo-cheguei e reclamar à gerência da cortina cheirando a fumaça. Assistir um romance qualquer na velha TV de tubo e discutir que tipo de pessoa decoraria um hotel com esse papel de parede. Uma noite em que você vai adorar meu perfume barato e eu descobrirei o quanto tu és ‘friolenta’ e ladrona de cobertas.

Nós podemos pular toda aquela baboseira inicial de namoro e reivindicar a felicidade que nos é merecida. Você não precisará agradar meus pais. Eu não preciso daquele jantar de apresentação pra tua família, em que certamente ficarei encabulado. Mas precisamos fazer uma visita para nossas tias que sempre nos perguntaram: e os namoradinhos(as), hein?

Eu já te disse que esse jeans fica lindo em ti? Que tu ficas linda com cabelo solto? Que o mundo inteiro para por alguns instantes para te ver sorrir? E por falar em sorriso, acho que estou apaixonado por tuas covinhas. Eu poderia continuar e dificilmente conseguiria traduzir em palavras o que tu és e o quanto já sinto por ti. É simplesmente a maneira com que você me faz sentir e que ninguém mais consegue.

Eu não quero te apressar, mas cê fica ou vai de vez? Preparo um café ou minha vida? Enquanto ficas em cima do muro, saibas que meu sentimento por ti é tal que o dicionário Aurélio não conseguiu traduzi-lo em palavras.”Eu te amo” não sacia minha sede de te amar. Então vê se foge de mim ao contrário, eu te espero, você não tem ideia do quanto já esperei e, se você quiser, a gente ainda pode ser muito feliz.

Você nem me conhece, mas com um piscar de olhos sinto que sabe tanto sobre mim.